18/07/2019

Cofen entra com ação judicial contra instituição de ensino de Rondônia

O Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) protocolou ação judicial referente

O Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) protocolou ação judicial referente à oferta irregular de curso de graduação em Enfermagem na modalidade a distância (EaD) pela Unidade de Mediação de Ensino Superior para a Amazônia (UMESAM), que atua em parceria com o Instituto de Ensino Superior de Minas Gerais (IESMIG).

Após denúncias de estudantes ao Conselho Regional de Enfermagem de Rondônia (Coren/RO) em relação à qualidade da graduação no estado de Rondônia da UMESAM, o Cofen identificou que tal unidade não poderia ofertar um curso universitário, já que enquadra-se como mediadora apenas de cursos de extensão, os quais não necessitam de autorização do Ministério da Educação (MEC).

Além disso, a fiscalização realizada pelo Coren-RO identificou diversas irregularidades como carga horária insuficientes e desrespeito às grades curriculares e emendas das disciplinas.

Com o objetivo de impedir que alunos sejam enganados e sejam inseridos no mercado de trabalho sem os conhecimentos básicos para fornecer um atendimento de qualidade à população, o Cofen partiu para a intervenção através do Poder Judiciário.

O processo está em andamento na 1ª Vara Federal Cível da Seção Judiciária de Rondônia e pode ser acessado através do site.

Fonte: Ascom – Cofen




  • acesso-200x90
  • BANNER_CRT_207X117-207x117
  • anjos-da-enfermagem-207x117
  • BannerLateralRevistsa-207x117